Veganos: quem são, quais os hábitos e restrições alimentares?

0 91

É comum ouvir falar sobre os veganos, ultimamente o termo tem ganhado muita notoriedade na mídia e redes sociais. O movimento inclui pessoas que eliminam de suas dietas quaisquer alimentos de origem animal. Mas, quem são os veganos, quais os hábitos e restrições alimentares dessa nova prática?

O que é o veganismo?

O veganismo é uma prática na qual a pessoa que determina ser vegana, inclui a mesma em todas as suas ações, ou seja, hábitos de vida. O vegano é um tipo de vegetariano, mas sua diferença está em não consumir quaisquer produtos de origem animal.

Ele exclui o que puder com intuito de não contribuir para todas as ações cruéis e exploração de animais.

O que os veganos defendem?

Essa é a questão base e qualquer pessoa adepta a prática já respondeu alguma vez na vida. Os veganos participam do movimento que visa a libertação do sofrimento animal de todas as maneiras que conseguirem, trabalhos forçados, alimentação, mercados ou exibicionismo em entretenimentos. Temos exemplos básicos disso: animais que são obrigadas a carregar coisas, que trabalham em circos, são mal alimentados e cuidados, entre outros.

Além disso, eles abominam também quaisquer explorações realizadas aos seres humanos, como exemplo, formas de trabalho escravo. Eles adotaram movimentos com o intuito de apoiar a adoção do veganismo de forma universal para a democratização do acesso aos alimentos, uma vez que, parte dos grãos produzidos pelo nosso país é utilizada para engordar os “animais de corte”, ou seja, que são comercializados para consumo humano.

Diferença entre vegetariano e vegano

Algumas pessoas ainda confundem o veganismo com uma dieta, mas está longe disso, pois é um movimento para libertação dos animais. Os veganos adotam uma dieta vegetariana, porém, com restrições a produtos de origem animal. Mas, há casos de pessoas que seguem a dieta vegana por um determinado período, mas sem se tornarem veganas.

A alimentação do vegano é considerada “estrito”, esse termo é utilizado para que sejam diferenciados dos “ovilactovegetarianos” e outros grupos que não consomem

carne, porém, incluem produtos de origem animal.

Sendo assim, qualquer vegano é um vegetariano estrito, mas nem todos os vegetarianos estritos podem ser veganos. Pois, existem pessoas que apesar de não consumirem alimentos de origem animal, comprar artigos como roupas, sapatos ou acessórios feitos a partir da pele dos mesmos ou participam de atividades de entretenimento na qual os animais são explorados, como os circos, zoológicos, rodeios famosos, cavalgadas e outros.

Os veganos podem consumir peixes e frutos do mar?

Pessoas adeptas ao veganismo ou vegetarianismo já ouviram essa pergunta antes. Mas, a resposta é bem óbvia, pois o vegetariano elimina de sua dieta qualquer tipo de carne animal e frutos do mar, o mesmo para os veganos.

Mas, porque isso acontece? Acontece porque qualquer animal tem sistema nervoso e possui capacidade de sofrer (senciência), eles sentem dores, felicidade, sofrem, entre outros. Mesmo que os peixes não consigam emitir sons quando foram pescados e estão fora d’água, eles sofrem ao serem cortados vivos e quando estão com anzóis no céu da boca. Quando estão fora de seu habitat natural, eles morrem lentamente sofrendo pela asfixia.

Ovos e leite, ingredientes básicos de quaisquer alimentos, mas não podem ser consumidos. Por quê?

Muitas pessoas vão dizer aos adeptos ao veganismo que os ovos e leite não são o problema, até mesmo porque, esses alimentos não são produzidos a partir da morte de animais. No entanto, assim como a carne, ocorre a exploração em seu cultivo. A exploração nesses casos é bastante presente, mas nem tão reconhecida pelo público.

Confira alguns exemplos que explica o porquê evitamos o consumo desses alimentos:

Leite

Todo mamífero produz leite, porém, o mais comercializado e consumido é o produzido pela “vaca leiteira”, para isso ela não pode ser mão e será destinada unicamente a produção do líquido.

Dentro da indústria, esses animais são inseminados artificialmente e ao terem os seus filhotes, voltam para o processo outra vez, pois precisam estar sempre prenhas para garantir a produção. Os filhotes machos, sempre são levados para o abate, pois precisam abastecer o mercado de vitelo.

Uma vaca saudável e que não fora explorada como a mencionada no parágrafo anterior tem uma expectativa de vida de 20 anos, mas quando passam por esse processo, são abatidas antes dos 8 anos de idade, inclusive, algumas sofrem nesse processo com poucos anos de vida.

Elas são abatidas nessas idades por apresentarem falhas na reprodução, devido às gestações que foram forçadas, começando a não conseguir ter uma boa locomoção, mastites, infecções e outros.

Ovos

Os ovos estão presentes na fabricação de diversos alimentos, além de serem consumidos no preparo de refeições. As galinhas botam os mesmos de maneira natural, mas mesmo assim são exploradas.

Quando as galinhas nascem, elas têm seus bicos arrancados e sem nenhuma anestesia. O ato tem como objetivo evitar que elas se machuquem entre si quando passarem por algum estresse, algo que acontece com freqüência, devido ao fato de viverem em gaiolas com espaço mínimo.

Quais as outras restrições no veganismo?

Como podemos observar os veganos não consomem  nem um alimento de origem animal, até mesmo alguns corantes que são fabricados a partir do esmagamento dos insetos (sim, quando pesquisamos a fundo a fabricação de alimentos, nos surpreendemos!), eles não compram roupas, calçados e nem acessórios de couro ou lã, etc.

Além disso, há atividades que também são restritas a eles, como os circos que tenha apresentação com animais, parques, zoológicos, produtos ou maquiagens feitas a partir de testes com os bichinhos, caça, pesqueiros, rodeios, exploração, abandono, vaquejadas e diversos outros.

Os veganos comem grama, então?

Quem é vegano fica decepcionado quando escuta essa frase, mas por outro lado fica satisfeito em conseguir responder que para se alimentar bem não é necessário consumir alimentos de origem animal.

Os veganos consomem quaisquer alimentos de origem vegetal, como soja, frutas, legumes, cereais, cogumelo e algas, entre outros. Inclusive, muitos deles conseguem manter suas atividades físicas em dia e até alcançarem um corpo em forma.

Os alimentos não são consumidos apenas em sua forma crua, pois há receitas gostosas e completamente saudáveis. Além disso, é possível encontrar receitas veganas de doces, hambúrguer, fritura e outros. Caso, não seja fã da soja, pode consumir essas receitas da mesma maneira.

Como consumir a quantidade necessária de proteína no veganismo?

As carnes não são o único meio de obter as quantidades necessárias de proteína, podemos nos alimentar de modo saudável sem elas. A produção desse nutriente pode ser conseguida através dos alimentos de origem vegetal.

porque todos os aminoácidos essenciais para a produção de proteínas dentro do seu corpo podem ser obtidos por meio dos vegetais.O único nutriente que falta nesse tipo de dieta é a vitamina B12, uma vez que ela é proveniente de bactérias e cianobactérias, as quais temos pouquíssimo contato. Ela é totalmente essencial, no veganismo e vegetarianismo não conseguimos na alimentação, mas existem suplementos que podem ser consumidos.

Os veganos são todos magros

A maior parte acha que os adeptos ao veganismo são magricelas, porém, essa dieta é muito rica em nutrientes e por mais estranho que pareça, há muitos atletas que praticam exercícios com alta intensidade e possuem alto rendimento.

Os veganos não comem pouco necessariamente, há adeptos que comem o tempo todo e isso é comum, mas de um modo diferente, pois não incluem os processados em grande quantidade e alimentos que mencionamos.

Ser vegano custa caro?

Sempre escutamos por aí que ser saudável custa caro, mas isso é mito. É claro que existem estabelecimentos intitulados veganos que cobram caro, mas a dieta pode ser bem barata. Basta, comprar os alimentos e prepará-los por conta própria, pesquise receitas de doces veganos, tortas e outras coisas, na internet e faça em sua casa.

Assista documentários para entender melhor e acompanhar a rotina de um vegano

Existem documentários em plataformas de streaming e vídeos na internet sobre o veganismo, alguns deles são:

Cowspiracy, Food Inc., Samsara, Vegucated e Food Matters, entre outros.

Você se interessou pelo veganismo, já é adepto a prática ou conhece alguém que o incentivou? Compartilhe sua experiência conosco.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.